Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
segunda-feira, 25-09-2017
PT | EN
República Portuguesa-Cultura Homepage DGLAB

Skip Navigation LinksPoesia-de-Antero-de-Quental

Poesia de Antero de Quental

Poesia de Antero de Quental
Data :
16/12/2016

Nº. 181 da Coleção Obras Clássicas da Literatura Portuguesa, Antero de Quental, Poesia I: Odes Modernas; Primaveras Românticas. Publicada pela Abysmo, a edição esteve a cargo de Luiz Fagundes Duarte.


Este é o primeiro volume da edição crítica da Poesia de Antero de Quental, onde se reúnem os livros Odes Modernas e Primaveras Românticas. Pretende-se, com esta edição distribuída por três volumes, disponibilizar ao leitor de hoje o conjunto da obra poética do autor: a que ele publicou em livro e manteve; a que publicou em livro mas destruiu ou de algum modo alterou; e a que publicou dispersamente ou deixou inédita. A edição crítica da Poesia de Antero de Quental será completada com Poesia II: Sonetos Completos e Poesia III: Poemas Dispersos, Alterados ou Destruídos.

A Coleção Obras Clássicas da Literatura Portuguesa é uma iniciativa da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas que tem por objetivo viabilizar a edição de obras de relevância literária e patrimonial há muito afastadas do parque livreiro ou apenas disponíveis em edições consideradas insuficientes. Com esta coleção, promove-se a edição de obras inéditas, reeditam-se obras há muito esgotadas e disponibilizam-se edições críticas de obras e autores fundamentais.